Pesquisar neste blogue

domingo, 25 de setembro de 2011

AJUDAR O PRÓXIMO












Há poucos dias, vi a seguite frase no status do facebook de alguém: "Não somos seres humanos passando por uma experiência espiritual, somos seres espirituais passando por uma esperiência humana!". De certa maneira essa frase me fez refletir sobre o assunto e a concordar com ela, já que não temos conhecimento físico de onde viemos antes de nosso nascimento e tampouco para onde vamos depois de nossa morte, apesar de sabermos da existência do céu e do inferno.




Sabemos que a nossa vida espiritual depende, e muito, de nossas atitudes humanas, são essas atitudes determinantes para a passagem de vida que todo ser humano sofre, quando morre.




Parece um papo espírita, mas não é. O que essa frase me fez ver é o quanto muitos de nós cristãos, estamos pouco nos importando com essa experiência pela qual estamos passando durante a vida que Deus nos deu.




Fató é que, muitos de nós nos preocupamos apenas com nossa própria salvação e a salvação de nossa família. Fazemos de tudo para que a conversão de uma familiar próximo aconteça, mas todos os dias passamos perto de pessoas que precisam muito mais de seu convite para conhecer Jesus, e nem ao menos essa pessoa ganha atenção mínima, que seja. Viber como Fariseu é fácil, afinal, é muito mais fácil me preocupar comigo, cuidar de mim, de que ficar quebrando cabeça com alguém considerado um caso perdido, não é mesmo? Nenhum cristõ deveria pensar assim. Se cada "convertido" conseguisse levar uma "alma perdida" a salvação, a experiência terrena já teria valido a pena.








Digo- vos que assim haverá alegria no céu por um pecador que se arrepende, mais do que por noventa e nove justos que não necessitam de arrependimento.








Lucas 15: 7








Faça de Deus a sua alegria e fortaleza e com certeza entenderá o que quer dizer amar o próximo como a si mesmo.




Quando Jesus disse isto, ele não estava falando apenas do sentimento "amor", mas mais que isso, ele queria que praticassemos isso, ajudando os que não tinha conehcimento e desejando a eles tudo que gostariamos que acontecesse conosco. Assim como a busca de um cristão deve ser incessatemente direcionada a salvação e em mante- la, devemos buscar com o mesmo afinco ajudar os outros a encontrá- la também e sem escolher quem devemos ajudar.




Todos merecem a chance da conversão e precisam dela, assim como alguns que já a possuem!












Fiquem na paz de Cristo!

sábado, 17 de setembro de 2011

Nunca deixe nada abalar sua fé






Nestes últimos tempos, temos visto diversos relatos que apontam bispos, pastores e pessoas que de alguma forma mantém um vínculo com igrejas evangélicas sendo brutalmente criticados.



Fato é que isso acaba por desvirtuar muitas pessoas de igrejas por causa de acusações muitas vezes sem fundamentos. O objetivo do post de hoje é mostrar à você cristão, ou você que tem buscado nas igrejas evangélicas um encontro com Deus, a entender e aprender como não deixar que sua fé seja abalada por rumores maldosos e/ou até mesmo por falhas cometidas pelos pastores e bispos de sua congregação.



Vou ressaltar três tópicos importantissímos para você tomar como base e não deixar que as dúvidas te cerquem:









  1. Apartir do momento que você procura uma igreja com o objetivo de aproximar- se de Deus, não importa quem é o pastor, ou bispo, pois se ele ocupa este cargo, ele no mínimo tem instrução para isso. Então ouça, questione, mas nunca volte para casa com a dúvida que você tem sobre ele. Você pode não se agradar dele, do jeito que ele prega, mas isso não significa que ele esteja agindo de má fé. Procure conhece- lo melhor.



  2. Quando for à igreja, procure deixar de lado tudo que ouviu a respeito do pastor, tanto as opniões boas, quanto as que nada acrescentam para sua vida espiritual. Com o coração focado apenas no que ele tem a pregar naquele dia, naquele momento, tenho certeza que você aprenderá muito mais a praticar a palavra de Deus e não perderá seu tempo indo à igreja apenas para tirar conclusões, muitas vezes precipitadas. Aprenda a filtrar o que há de bom em tudo e descartar as bagagens desnecessárias.



  3. Se o pastor, bispo ou líder da igreja age de má fé, não cabe a nós julgamos a conduta dele, ainda mais tendo um título de homem de Deus, você não acha? Deus cobrará de nós um dia, que dirá dos que ele levantou aqui na terra para a obra dEle e ficam tirando proveito disso. Aprenda que nem tudo que ouvimos, é verdade e se até mesmo Jesus, que carregou nossos pecados, que levou nossas dores foi crucificado injustamente, quem dirá nós, meros humanos em um mundo que jaz no malígno. Se você faz sua parte, devolve o dízimo corretamente, vai à igreja, pratica a palavra de Deus no seu dia a dia, o resto é com Deus, você não tem que se preocupar com o que tá sendo feito com seus dízimos e ofertas, afinal de contas você já cumpriu o seu compromisso com Deus.



Aprenda de uma vez por todas que sempre será entre você e Deus e o que os líderes das igrejas fazem, é problema deles com Deus. Você já parou para pensar que se os líderes das igrejas são ricos, pode perfeitamente ser porque eles são fíeis a Deus? Ou você nunca leu na bíblia que os fíeis vivem em abundância? Não é pecado ser rico, o pecado pode vir pelo meio do qual usurfluímos para conseguir esta riqueza, mas se você tem certeza que sua comunhão com Deus não deixa a desejar, então fique tranquilo, por que um dia todos nós prestaremos contas de nós mesmo a Deus!







Fique na paz de Cristo!!!

sábado, 10 de setembro de 2011

Como a música influência sua vida?



A música é considerada uma arte milenar, presente nos quatro cantos do mundo e acessível a todas as classes sociais. Classificada por gêneros, a música pode ser usada como instrumentos que induzem desde a paz, até mesmo à guerras.

Creio que existe um estilo de musica para cada estado de espírito. E como fundamento biblico deste tema, posso citar a história de Saul, que durante seu reinado em Israel, pela sua desobediência ao SENHOR, foi severamente atormentado por espíritos maus, que só o deixava quando Davi, seu servo, tocava harpa: instrumento que produzia um som doce e agrádavel.






E sucedia que , quando o espírito mau, da parte de Deus vinha sobre Saul, Davi toava a harpa, e a tocava com sua mão; então Saul sentia alívio, e se achava melhor, o espírito mau se retirava dele.



1Samuel 16:23






A melodia serena da harpa, tocada pelas mãos de Davi, fazia com que os maus espíritos se retirassem da presença do rei Saul, no entanto isto não acontecia apenas pela música em si. O conjuntode coisas que contribuia para que a repreensão do mau desse tão certo no caso de Saul, foi que; Deus levantou a Davi, seu ungido, para que com seu dom de tocar harpa, pudesse expulsar o mal com a doce sinfonia que este conjunto produzia, ou seja, sem Davi a harpa seria apenas uma harpa, e sem a unção de Deus sobre ele, sua música seria apenas mais uma melodia. Ambos não funcionariam se Deus não tivesse feito a união perfeita para mostrar a Saul o poder que Ele deu a Davi para expulsar o mal usando a música.



Com tudo isso, fica claro que existe sim uma divisão de músicas que vai muito além de categorias musicais. O que estabelece o sentimento deque envolve cada individuo é ditado pelo conjunto da obra: cantor, banda, ritmo e até mesmo a categoria. Prova disso é que o sentimento não é o mesmo quando uma mesma música é nterpretada por dois cantores diferentes.



Uma melodia pode sim influênciar vidas. Depois disso tudo, posso afirmar que, somos o que ouvimos.



Hoje em dia é muito mais fácil conhecer a personalidade de alguém apenas analisando o estilo musical que ela curte. Vivemos numa época em que as letras musicais estão um tanto quanto sugestivas, algumas cheias de malícias, que mexem com a imaginação dos ouvintes, muitas vezes os levando à de alguma forma concretizar o ue até então era uma simples e inofensiva letra musical.



O que você anda ouvindo tem mexido com você de alguma forma? Você tem canalizado e praticado o que ouve nas letras musicais?



Este texto não generaliza nada, até porque sempre há dois lados em uma moeda. Se você ouve o que é mau, tem deixado o mau entrar em sua vida e fazer a obra dele, mas se ouve o que é bom, então tem vontade de fazer cada vez mais o que é certo. Quanto à estilos, todos eles podem ser aproveitados bem se tiverem bons conteúdos.



Existem funks com letras educativas e maravilhosas, como também existem músicas gospel que não acrescentam nada para sua vida espiritual. Ouvir música, no conteúdo deste texto, nada tem haver vom religião, mas com estado de espírito.



É só fazer o teste e verá. Quando estiver se sentindo enfraquecido, cansado, indisposto, ouça algo leve, ainda que seja apenas uma melodia, sem nada de letras musicais, você verá o quão relaxado e fortalecido se sentirá!












TENHAM UM DIA ABENÇOADO!

ASSISTA A IURD TV

ASSISTA A IURD TV
A programação que liga você a Deus

TRADUZA ESTE BLOG

Mensagens populares

ESTUDO BÍBLICO POR E- MAIL

Bíblia Online
Ocorreu um erro neste dispositivo

PlayList


MusicPlaylistView Profile
Create a playlist at MixPod.com

deus-e-contigo@hotmail.com

DEUS É CONTIGO!